TALMUD DA BABILÔNIA – TRATADO DE SUCÁ


TALMUD  SUCÁ

David Azulay, Editora Sêfer, 448 páginas (21x28cm, Capa Dura), ISBN 978-85-7931-015-7, 2011

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

BRASIL: http://www.sefer.com.br/details/8848/talmud-da-babilônia-tratado-de-sucá

***

Talmud da Babilônia – Tratado de Sucá - Hebraico/Aramaico e Português

O Talmud da Babilônia foi redigido entre os anos 200 e 500 da era comum. Mas só agora um de seus tratados está disponível completamente em português!

O tratado em questão chama-se SUCÁ e analisa os aspectos principais da Festa dos Tabernáculos (Sucót). Mas o leitor perceberá, assim que começar a estudá-lo, que inúmeros outros temas são trazidos à baila a cada momento, o que transforma cada tratado numa enciclopédia de conhecimento judaico geral.

Esta edição de luxo não se limita apenas à tradução literal do texto, que já seria algo interessante embora incompreensível, mas, sim, transcreve seu real sentido e contexto. Para tanto, foram incluídos todos os comentários do Rashi (o mais importante e fundamental exegeta judeu de todos os tempos), e, em certos casos, os dos Tossafot. Além disso, quando necessário, foram trazidos comentários adicionais de outros exegetas de diversas gerações e cada novo tema ou conceito é apresentado em amplas e elucidativas notas de rodapé.

A obra é riquíssima em diagramas e ilustrações, e traz a versão original em hebraico-aramaico no final. O formato é 21×28 cm.

***

“Até hoje, os portões do Talmud Babilônico estavam fechados para muitos dos que falam a língua portuguesa. Portanto, este é um dia de Festa da Torá para o judaísmo do Brasil em particular, e em geral para todos aqueles que falam o português, por motivo do lançamento deste elevado projeto de explicações do Talmud e seus comentaristas – Rashi e Tossafot – na língua do país.”

 Rabino Netanel Tzipel

***

“O jovem sábio David Azulay não contente em traduzir uma obra do Talmud, o Tratado de Sucá, ainda o fez com explicações do Rashi, Tossafot e outros. Este belo trabalho ainda inclui desenhos e diagramas, os quais visam facilitar a compreensão de textos difíceis. O leitor há de pensar que este livro é o menor e mais fácil do Talmud. De fato não o é; ao contrário, contém textos de extrema dificuldade.”

 Rabino Pinchas Ellovitch

***

“Fiquei bastante impressionado com a tradução e explicação do texto da Massechet Sucá na língua portuguesa. O autor mostrou seu grande entendimento de cada detalhe, e soube expressar as ideias com clareza, de forma lúcida e didática, mesmo para pessoas que não estão acostumadas ao raciocínio e linguajar rebuscado do Talmud.

A apresentação gráfica, distinguindo tamanhos de letra, facilita muito a leitura e o entendimento, além de fazer com que o estudo seja agradável e prazeroso. A obra não se limita somente ao texto superficial, mas inclui os comentários dos Tossafot e outros, quando o autor julgou necessário aproximar e aprofundar as ideias da guemará.”

 Rabino Raphael Shammah

ALÉM DO ESPELHO


Capinha alem do espelho

Gina Manolson, Editora Sêfer, 104 páginas (14×21 cm, brochura), ISBN 85-85583-39-8, 2002

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Além do Espelho – Um Enfoque Actual sobre Tsniut

Se você acha que Tsniut – termo judaico, em geral traduzido por “discrição” – significa somente:

•Regras e preceitos relacionados ao vestuário.

•Um tema dirigido exclusivamente às mulheres.

•Algo cujo propósito principal é manter a cabeça dos homens em seu devido lugar.

Este livro certamente vai mexer com você.

A Tsniut é para ambos, homens e mulheres.

Começa quando você se vê sob uma luz diferente. E, pouco a pouco, pode mudar profundamente a sua vida, mostrando-lhe como chegar ao mais íntimo do seu ser.

***

Cada geração tem os seus próprios desafios, seus testes específicos, sua missão a vencer. Qual será a nossa?

Será que a nossa forma de nos vestir e de nos expormos ao mundo não é um assunto particular de cada um?

Como cidadãos do mundo moderno, somos educados, desde a infância, a quebrar as barreiras entre nós e o mundo exterior, a revelar tudo, com a finalidade de atrair as atenções e sermos abertos em todas as áreas.

Mas será que não nos esquecemos de abrir o caminho ao nosso próprio espaço interior? Ainda existe espaço reservado para nós mesmos? Recato e privacidade são palavras obsoletas?

Conseguir viver uma vida plena, que proporcione harmonia entre o interior e o exterior, é o nosso desafio.

Abordando inúmeras questões – do código de leis da Torá à psicologia humana, de perguntas polémicas a pontos de vista inovadores – , este livro entrega-nos a “Tsniut” (que pode ser descrita por discrição) como a chave que abre caminhos para manter a integridade do povo judeu no mundo moderno, e revela que o “sucesso” se encontra onde menos esperamos.

***

Uma visão reveladora sobre a “Tsniut”. “Além do Espelho faz com que vejamos na discrição, no recato, não somente regras e leis, mas uma forma de viver. Abre um canal para que o nosso íntimo possa ver o mundo de forma compatível com nossa essência, libertando-nos de aparências e do superficial.”

Rabino Raphael Shammah

***

Sobre a Autora:

Gina Manolson (née Marilyn Fisch) nasceu e cresceu no nordeste dos EUA, graduando-se com louvor em música pela Universidade de Yale. Estudou mais tarde na Neve Yerushalayim College for Women, passando a viver em Jerusalém. Por cinco anos foi supervisora residente do Heritage House, um albergue da juventude judaico na cidade velha. Deu aulas no programa Discovery, da Jerusalem Fellowships; no programa para alunos estrangeiros da Michlalah Jerusalem College for Women; no Beit Midrash Program, da universidade Hebraica de Jerusalém; e em outros lugares. Actualmente é professora do Isralight Institute. É também a autora de  The Magic Touch; A Candid Look at the Jewish Approach to Relationships.

A ÉTICA DO SINAI


A Ética do Sinai

Irving M. Bunim, Editora Sêfer, 544 páginas (21×28 cm, brochura), ISBN 85-85583-512-6, 1998 – 4ª edição de 2009

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

A Ética do Sinai – Ensinamentos dos Sábios do Talmud

“Vivemos numa época em que o ensinamento ético é considerado ultrapassado; uma época em que o castigo, a advertência e a crítica moral construtiva são considerados de mau gosto; onde o autoquestionamento e a busca do aperfeiçoamento religioso são vistos como ofensivos. Nada poderia ser mais contrário à abordagem do judaísmo. Se nosso propósito fundamental na travessia da vida é buscar o desenvolvimento e o crescimento pessoal através da ética e da moral, é vital que possamos aprender e ensinar seus princípios e fundamentos. Somente assim chegaremos a alcançar o aperfeiçoamento de nossa espiritualidade. Este é precisamente o objectivo do trabalho que você tem nas mãos. Nele, cada um dos ensinamentos dos sábios do Talmud é interpretado e explicado demoradamente, de diversas maneiras, para que a compreensão se dê da forma mais completa possível.”

da Introdução do Autor

***

Hilel dizia:

Se eu não for por mim, quem será por mim?

Mas se eu for só por mim, o que sou eu?

E se não for agora, quando?

Capítulo I: Mishná 14

***

“Aquele que deseja tornar-se piedoso, que cumpra os ensinamentos de Avót.”

A frase acima, dita por Raba, um dos maiores estudiosos do Talmud de todos os tempos, sintetiza a suprema importância que Pirquê Avót, a Ética dos Pais, tem para o judaísmo.

O livro que você tem nas mãos traz, comentados e explicados um a um, em detalhes, os capítulos que compõem este breve e precioso tratado talmúdico. Raba não teria sido o único a exaltar-lhe à riqueza. Para muitos, Pirkê Avót contém a essência da Torá e do judaísmo.

A Ética do Pais aplica o código ético e moral da Torá à vida quotidiana, e é justamente nessa transposição, do erudito ao popular, do complexo ao compreensível, que encontra-se a essência de sua grandeza. A vida à luz das lições de Avót é uma vida à luz de Deus.

Os textos de A Ética do Sinai nasceram das brilhantes conferencias sobre Pirkê Avót feitas ao longo de 40 anos por Irving M. Bunim, um dos expoentes do judaísmo ortodoxo norte-americano deste século. Bunim foi um grande estudioso, um homem de negócios excepcional, uma figura humana de raras proporções. Mas, ao transmitir a centenas de milhares de pessoas, com humildade, humor, fervor e profunda sabedoria as lições de Pirkê Avót, actividade que tornou-se sua profissão de fé, elevou o espírito e ampliou os horizontes de nada menos do que duas gerações de judeus norte-americanos.

A Editora Sêfer sente-se honrada pelo privilégio de trazer ao público de língua portuguesa esta obra inigualável, de valor reconhecido em todo o mundo. Esperamos que você desfrute da leitura.

***

Durante muitos anos esperei por uma tradução comentada do Pirkê Avót em português e saudei, com grande alegria, o lançamento de A Ética do Sinai pela Editora Sêfer.

O tratado Pirkê Avót é o mais importante conjunto de ditos de natureza ética conservado pelos sábios judeus durante muitos séculos. É um grande guia de vida. Um justo pode ser definido pelas suas palavras.

Por isso, esta não é uma obra de leitura obrigatória apenas para a comunidade judaica, mas para todos os homens e mulheres de bem que querem estar aos pés da Sabedoria.

Prof. João Bosco Lodi

***

Sobre o autor:

Irving M. Bunim nasceu em 1901, em Volozhin, na Lituânia, uma cidade famosa em todo o mundo judaico pela excelência de sua Ieshivá, o seminário rabínico Êts Chayim.

Quando imigrou com a família para os Estados Unidos, aos 9 anos de idade, Bunim trouxe consigo as palavras de seu mestre, o chefe da ieshivá de Volozhin, que lhe ordenou “construir a Torá na América”.

Foi exactamente o que fez. Ainda muito jovem, teve o discernimento necessário para perceber quão fácil seria aos jovens judeus das primeiras levas migratórias deixarem-se assimilar por uma cultura emergente como a cultura norte-americana dos anos 20. Sua resposta foi criar um movimento ortodoxo destinado a trazer estes jovens de volta a casa, de volta ao judaísmo. Assim nasceu a sinagoga Young Israel, sede de um abrangente trabalho religioso e social que começou no Lower East Side nova iorquino. Um dos traços mais marcantes da personalidade e da conduta de Irving M. Bunim foi a sua generosidade. Viveu de acordo com os princípios mais elevados da Tsedacá, o mandamento judaico de ajudar ao próximo. Mas a tónica de sua Tsedacá sempre foi, comprovadamente, a bondade – Chessed, em hebraico, um ingrediente sem o qual o ato de estender a mão a quem precisa perde grande parte de seu sentido. Durante a perseguição nazista aos judeus da Europa, Irving M. Buning não mediu esforços para salvar o maior número possível de vidas. Organizou, ao lado do ilustre rabino Aaron Kotler, um comité de resgate que efectivamente conseguiu ampliar as cotas de imigração abertas para judeus pelos Estados Unidos, livrando da morte dezenas de milhares de pessoas. Foi um incansável propagador dos horrores que estavam sendo cometidos por Hitler numa época em que governos de todo o mundo livre, inclusive o dos Estados Unidos, preferiam fechar os olhos às atrocidades. Da mente e, sobretudo, do coração deste grande homem nasceram as ideias, percepções e ensinamentos que você, caro leitor, está prestes a conhecer.

COLECÇÃO JUDAICA


Edição de Paulo Geiger, Editora Sêfer, 4.500 páginas (18×24 cm), ISBN 85-85583-61-4, 2003

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Colecção Judaica é composta por obras de diferentes autores e assuntos, e concebida de modo a cobrir toda a temática judaica em seus aspectos mais importantes, proporcionando a qualquer usuário uma visão abrangente e actualizada do povo, da história, da cultura e do pensamento judaicos.
A edição é de Paulo Geiger, que também chefiou a equipe de produção editorial e gráfica da Editora A. Koogan (RJ).
São 10 volumes, na maioria ilustrados, perfazendo cerca de 4.500 páginas, formato 18×24 cm, agora com capa mole plastificada. O esmero na apresentação gráfica é uma moldura adequada ao cuidado que se deu ao texto, na escolha e na edição. São sete títulos, reunindo o que há de mais representativo em cada tema.
No conjunto, a Colecção funciona como uma obra de referência ampla e actualizada. As bibliografias e, principalmente os muitos índices que permitem localizar facilmente qualquer assunto ou nome, ampliam e dão unidade e circularidade à obra como um todo.

POVO JUDEU, PENSAMENTO JUDAICO (2 volumes)
de Robert M. Seltzer
Apresenta a história analítica do povo judeu, dos primórdios aos nossos dias e, simultaneamente, da criação judaica no campo das ideias, da religião e da filosofia.

HISTÓRIA DE ISRAEL (2 volumes)
de Howard M. Sachar
Apresenta a vigorosa e fascinante história do sionismo e do Estado de Israel, do processo de gestação, nascimento e vida do Estado de Israel até a independência, as conquistas e as guerras do Estado.

CONHECIMENTO JUDAICO (2 volumes)
de Nathan Ausubel
Enciclopédia de temas judaicos amplamente ilustrada, onde toda a estrutura conceitual e formadora do judaísmo é apresentada na forma de verbetes, em ordem alfabética.

O TALMUD ESSENCIAL
de Adin Steinsaltz
É uma abertura, um primeiro e necessário passo para se abordar e entender, em sua essência, a estrutura e o método do Talmud, numa abordagem e num tratamento que visa a torná-las acessíveis e atraentes a todos.

UM TESOURO DO FOLCLORE JUDAICO
de Nathan Ausubel
Apresenta contos, lendas, anedotas, midrashim, provérbios, canções  e todo o acervo folclórico judaico, dividido em secções por assunto e comentado pelo autor.

CABALA
de Gershom Scholem
Um dos maiores especialistas académicos em misticismo judaico, analisa exaustivamente a Cabala em seus múltiplos e diversos aspectos: histórico, conceitual e filosófico, e prático.

CHASSIDISMO: O MOVIMENTO E SEUS MESTRES
de Harry Rabinowicz
Apresenta a história, do surgimento aos nossos dias desse movimento tão singular em suas concepções e em sua prática do judaísmo.

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 2.794 outros seguidores

%d bloggers like this: