CABALA PARA ADOLESCENTES


CABALA ADOLESCENTES

Louis Belmont, Editora Imago, 174 páginas (16×23 cm, brochura), ISBN 978-85-312-1019-8, 2007

EUROPA:  Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

BRASIL: http://www.sefer.com.br/details/9920/cabala-para-adolescentes

***

Quaisquer que tenham sido as razões no passado, a ideia de proibir o estudo da Cabala por certo não têm lugar no mundo moderno. Pelo contrário, os ensinamentos cabalísticos são tão plenos de discernimento, compaixão e energia que deveriam ser levados ao máximo de pessoas e no menor tempo possível. CABALA PARA ADOLESCENTES é um passo nessa direcção. Seu objectivo é apresentar autênticos ensinamentos cabalísticos em um formato que conserva a qualidade dos textos antigos, ao mesmo tempo em que mostra sua aplicação no mundo de hoje.

***

Se você tem entre 13 e 20 anos de idade, provavelmente está percebendo como sua vida está se tornando complexa. A finalidade deste livro é revelar a ordem básica que está oculta na complexidade diária. Quando chegar à última página, você terá aprendido uma forma inteiramente nova de encarar a sua vida – e terá adquirido alguns instrumentos poderosos para torná-la mais produtiva, mais bem-sucedida e muito mais divertida.

Essa nova maneira de encarar as coisas não é produto de um(a) filósofo(a), professor(a) ou erudito(a). É, isso sim, baseada em um sistema espiritual – não uma religião – que já existe há muitos milénios. Esse sistema é chamado Cabala, palavra hebraica cujo significado literal é receber.

Ao longo dos séculos, os ensinamentos da Cabala foram transmitidos por mestres espirituais a um selecto número de estudantes. Com frequência, tais mestres e estudantes eram descendentes de antigos cabalistas. Algumas vezes, segundo ensinamentos da Cabala, eram mesmo reencarnações daqueles, e dizia-se que alguns, como o rabi Simeão bar Yochai (auto do livro místico conhecido como Zohar) eram reencarnações de grandes figuras bíblicas como Moisés e o rei David.

Para evitar que caísse em mãos erradas, a maior parte das lições da Cabala jamais foi posta no papel. Quem não tivesse atingido 40 anos de idade era impedido sequer de começar os estudos cabalísticos, sob a ameaça de ficar cego caso desrespeitasse a proibição. Essas normas rígidas eram cabíveis, pois os mestres acreditavam genuinamente que o mundo como um todo não estava pronto para absorver tais ensinamentos. Pensava-se, então, que as pessoas precisavam de rituais religiosos simples, e não de conceitos poderosos que pudessem alargar seus horizontes e encorajá-las a mudar suas vidas de forma tão radical.

É possível que a Cabala estivesse mesmo à frente de seu tempo. Talvez houvesse uma justificativa para mantê-la oculta em sociedades onde qualquer desejo de auto-aprimoramento era severamente punido pelas autoridades. Mas as coisas mudam. O mundo (e isso incluí você!) está pronto para esse conhecimento, e quando você começar a entender a Cabala e usar suas ferramentas espirituais, verá que isso é verdade.

Louis Belmont

Sobre RAMM
My Motto: The wise man doesnt give the right answers, he poses the right questions, Claude Levi-Straus.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: