CABALA PARA ADOLESCENTES


CABALA ADOLESCENTES

Louis Belmont, Editora Imago, 174 páginas (16×23 cm, brochura), ISBN 978-85-312-1019-8, 2007

EUROPA:  Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

BRASIL: http://www.sefer.com.br/details/9920/cabala-para-adolescentes

***

Quaisquer que tenham sido as razões no passado, a ideia de proibir o estudo da Cabala por certo não têm lugar no mundo moderno. Pelo contrário, os ensinamentos cabalísticos são tão plenos de discernimento, compaixão e energia que deveriam ser levados ao máximo de pessoas e no menor tempo possível. CABALA PARA ADOLESCENTES é um passo nessa direcção. Seu objectivo é apresentar autênticos ensinamentos cabalísticos em um formato que conserva a qualidade dos textos antigos, ao mesmo tempo em que mostra sua aplicação no mundo de hoje.

***

Se você tem entre 13 e 20 anos de idade, provavelmente está percebendo como sua vida está se tornando complexa. A finalidade deste livro é revelar a ordem básica que está oculta na complexidade diária. Quando chegar à última página, você terá aprendido uma forma inteiramente nova de encarar a sua vida – e terá adquirido alguns instrumentos poderosos para torná-la mais produtiva, mais bem-sucedida e muito mais divertida.

Essa nova maneira de encarar as coisas não é produto de um(a) filósofo(a), professor(a) ou erudito(a). É, isso sim, baseada em um sistema espiritual – não uma religião – que já existe há muitos milénios. Esse sistema é chamado Cabala, palavra hebraica cujo significado literal é receber.

Ao longo dos séculos, os ensinamentos da Cabala foram transmitidos por mestres espirituais a um selecto número de estudantes. Com frequência, tais mestres e estudantes eram descendentes de antigos cabalistas. Algumas vezes, segundo ensinamentos da Cabala, eram mesmo reencarnações daqueles, e dizia-se que alguns, como o rabi Simeão bar Yochai (auto do livro místico conhecido como Zohar) eram reencarnações de grandes figuras bíblicas como Moisés e o rei David.

Para evitar que caísse em mãos erradas, a maior parte das lições da Cabala jamais foi posta no papel. Quem não tivesse atingido 40 anos de idade era impedido sequer de começar os estudos cabalísticos, sob a ameaça de ficar cego caso desrespeitasse a proibição. Essas normas rígidas eram cabíveis, pois os mestres acreditavam genuinamente que o mundo como um todo não estava pronto para absorver tais ensinamentos. Pensava-se, então, que as pessoas precisavam de rituais religiosos simples, e não de conceitos poderosos que pudessem alargar seus horizontes e encorajá-las a mudar suas vidas de forma tão radical.

É possível que a Cabala estivesse mesmo à frente de seu tempo. Talvez houvesse uma justificativa para mantê-la oculta em sociedades onde qualquer desejo de auto-aprimoramento era severamente punido pelas autoridades. Mas as coisas mudam. O mundo (e isso incluí você!) está pronto para esse conhecimento, e quando você começar a entender a Cabala e usar suas ferramentas espirituais, verá que isso é verdade.

Louis Belmont

IMORTALIDADE, RESSURREIÇÃO E IDADE DO UNIVERSO


Rabino Aryeh Kaplan, Editora Sêfer, 198 páginas (16×23 cm, capa flexível), ISBN 85-85583-49-5, 2003

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Uma Visão Cabalística com o apêndice Derush Or Hachayim

Um dos eruditos mais importantes, prolíficos e criativos da geração passada, o rabino Aryeh Kaplan escreveu sobre a Bíblia, as leis, o misticismo e o pensamento judaicos. Ao falecer, deixou uma série de trabalhos não publicados, entre eles a colectânea Imortalidade, Ressurreição e Idade do Universo: Uma Visão Cabalística.

Ao contrapor ensinamentos antiquíssimos às mais recentes descobertas científicas, o rabino Kaplan brinda-nos com alguns de seus textos mais incisivos e estimulantes. Navegando pelas águas profundas da Cabalá, mostra, por exemplo, como a idade do universo segundo a ciência moderna condiz com a cronologia da Criação relatada no Livro do génesis, e como a longevidade dos Patriarcas antes do Dilúvio e a ressurreição dos mortos podem ser explicadas em termos biológicos.

A obra inclui ainda uma discussão sobre a astrologia e judaísmo e uma visão mística sobre o relacionamento entre o homem e a mulher. Também faz parte deste volume o texto original em hebraico e a tradução do famoso artigo “Deruch Or Hachayim” do rabino Israel Lipschitz, autor do clássico comentário “Tiféret Israel” sobre a Mishná. Escrito em 1845, foi a primeira abordagem judaica sober a descoberta de fósseis de milhões de anos à luz da Torá.

***

Sobre o autor:

O Rabino Aryeh Kaplan foi um mundialmente famoso erudito da Torá que produziu mais de cinquenta livros em sua breve vida, entre eles Meditation and Bible, Sêfer Ietsirá – O Livro da Criação e O Bahir.

As obras de Kaplan incluem comentários e traduções de antigas e obscuras obras de eruditas bíblicos e cabalistas, assim como livros aconselhando jovens judeus sobre os méritos do estudo e observância da Torá. Durante um período foi editor da revista Jewish Life, traduziu um enorme comentário sobre a Torá da autoria do Rabino Sefaradi Iaacov Culi e produziu uma original tradução/comentário dos Cinco Livros de Moisés, que chamou de Torá Viva.

Aryeh Kaplan nasceu no Bronx, Nova Iorque, estudou na Yeshivá local e continuou sua educação em Yeshivot de Israel. Durante um tempo entrou no campo da ciência e foi, por um breve período, o mais jovem físico empregado pelo governo dos Estados Unidos antes de devotar sua vida ao estudo da Torá. O Rabino Aryeh Kaplan faleceu aos 48 anos, em 1983.

SÊFER IETSIRÁ – O LIVRO DA CRIAÇÃO



Teoria e Prática

Rabino Aryeh Kaplan, Editora Sêfer, 384 páginas (14×21 cm, capa flexível), ISBN 85-85583-32-0, 2002 (3ª edição)

EUROPA: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Para muitos, a palavra Cabalá encerra, por si, a experiência mística por excelência. Mas a verdade é que muitos livros modernos sobre o tema pouco iluminam seus antiquíssimos e mágicos aspectos. Nesta tradução do Sêfer Ietsirá, tido como o mais misterioso de todos os textos cabalísticos, o Rabino Aryeh Kaplan traz à luz implicações teóricas, meditativas e mágicas.

Ele explora a dinâmica do domínio espiritual, os mundos das Sefirot, das almas e dos anjos. Quando plenamente compreendido, o Sêfer Ietsirá torna-se o manual de instruções para um tipo muito especial de meditação que tem o propósito de fortalecer a concentração e auxiliar no desenvolvimento de poderes cinéticos e telepáticos. A função destes poderes era ajudar os estudiosos da Cabalá a alcançarem feitos que aparentemente envolviam alguma espécie de magia.

A Cabalá mágica é intimamente ligada à Cabalá da meditação, e se utiliza de vários sinais, encantamentos e nomes Divinos através dos quais seria possível influenciar ou alterar eventos naturais. Esta tradução inclui as cinco dimensões da meditação, a transição de Biná para a consciência de Chochmá, o ponto para o infinito, astrologia cabalística, a visão de Ezequiel de acordo com o Sêfer Ietsirá, e o mistério dos 231 portões.

Também faz parte desta edição uma compilação dos comentários mais importantes sobre o texto do Sêfer Ietsirá, e a relação de muitos dos grandes trabalhos cabalísticos que o abordam, bem como notas extensas sobre aspectos específicos da obra. A tradução feita pelo Rabino Kaplan baseia-se na versão chamada “Gra”, tida como a mais autêntica.

Inclui a versão resumida, a versão longa e a versão de Saádia Gaón, fazendo da obra a mais completa editada até hoje.

***

Sobre o Autor:

O Rabino Aryeh Kaplan foi um mundialmente famoso erudito da Torá que produziu mais de cinquenta livros em sua breve vida, entre eles: Sêfer Ietsirá; Meditação e Cabalá; Imortalidade, Ressurreição e Idade do Universo (editados pela Sêfer); Meditation and Bible; e O Bahir (editado pela Imago).

As obras de Kaplan incluem comentários e traduções de antigas e obscuras obras de eruditas bíblicos e cabalistas, assim como livros aconselhando jovens judeus sobre os méritos do estudo e observância da Torá. Durante um período foi editor da revista Jewish Life, traduziu um enorme comentário sobre a Torá da autoria do Rabino sefaradi Iaacov Culi e produziu uma original tradução/comentário dos Cinco Livros de Moisés, que chamou de Torá Viva.

Aryeh Kaplan nasceu no Bronx, Nova Iorque, estudou na Yeshivá local e continuou sua educação em Yeshivot de Israel. Durante um tempo entrou no campo da ciência e foi, por um breve período, o mais jovem físico empregado pelo governo dos Estados Unidos antes de devotar sua vida ao estudo da Torá. O Rabino Aryeh Kaplan faleceu aos 48 anos, em 1983.

MEDITAÇÃO E CABALÁ



Teoria e Prática

Rabino Aryeh Kaplan, Editora Sêfer, 364 páginas (16×23 cm, capa flexível), ISBN 85-85583-50-9, 2005

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Meditação e Cabalá demonstra claramente como muitas técnicas meditativas consideradas hoje avançadas já eram usadas pelos antigos cabalistas judeus. A obra apresenta-as detalhadamente e explora seu desenvolvimento com rara profundidade.

A Cabalá está dividida em 3 áreas distintas: a teórica, a meditativa e a mágica. Enquanto inúmeros livros exploram seu aspecto teórico, é praticamente impossível encontrar alguma obra em português que fale dos métodos meditativos desta escola milenar, quase secreta.

Este livro revela, pela primeira vez, a metodologia dos antigos cabalistas com ênfase nas técnicas meditativas desses gigantes espirituais da humanidade.

O Rabino Aryeh Kaplan oferece uma lúcida apresentação dos mantras, mandalas e demais dispositivos usados por esses grupos, assim como interpretações profundas sobre seus significados à luz das pesquisas contemporâneas sobre a meditação.

Além disso, Meditação e Cabalá brinda os leitores com relevantes e amplos trechos de obras cabalísticas milenares, entre elas o lendário “Zohar – O livro do Esplendor”, “Os grandes Hechalot” (texto básico da escola da Mercabá), “Vida do Mundo futuro” de Abraham Abuláfia, “Portões da Santidade” de Josef Gikatalia, alguns “Portões da Inspiração Divina” da escola luriânica, textos secretos de grandes cabalistas e os mais relevantes textos dos mestres chassídicos sobre devoção e meditação – todos inéditos em português!

O livro investiga a intrigante possibilidade – sugerida pelo Zohar – de que as técnicas meditativas orientais seriam derivadas das técnicas místicas dos profetas da Bíblia Hebraica.

Sobre o Autor:

O Rabino Aryeh Kaplan foi um mundialmente famoso erudito da Torá que produziu mais de cinquenta livros em sua breve vida, entre eles Meditation and Bible, Sêfer Ietsirá – O Livro da Criação e O Bahir.

As obras de Kaplan incluem comentários e traduções de antigas e obscuras obras de eruditas bíblicos e cabalistas, assim como livros aconselhando jovens judeus sobre os méritos do estudo e observância da Torá. Durante um período foi editor da revista Jewish Life, traduziu um enorme comentário sobre a Torá da autoria do Rabino Sefaradi Iaacov Culi e produziu uma original tradução/comentário dos Cinco Livros de Moisés, que chamou de Torá Viva.

Aryeh Kaplan nasceu no Bronx, Nova Iorque, estudou na Yeshivá local e continuou sua educação em Yeshivot de Israel. Durante um tempo entrou no campo da ciência e foi, por um breve período, o mais jovem físico empregado pelo governo dos Estados Unidos antes de devotar sua vida ao estudo da Torá. O Rabino Aryeh Kaplan faleceu aos 48 anos, em 1983.

%d bloggers like this: