CHASSIDISMO – O MOVIMENTO E SEUS MESTRES


Chassidismo Vol 10

Harry M Rabinowicz, A. Koogan (Editor), Editora Sêfer, 441 páginas (18×24 cm, brochura), 1990

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Chassidismo, o Movimento e seus Mestres

Apresenta a história completa, do surgimento aos nossos dias, desse movimento tão singular em suas concepções e em sua prática do judaísmo.

A evolução das ideias e dos centros chassidicos, as disputas com outras correntes do judaísmo, as biografias dos grandes mestres, são narrados com leveza e um certo humor.

O livro conta também com índice remissivo, notas e bibliografia.

Paulo Geiger

Editor

(Este livro é o volume 10 da Colecção Judaica)

A ROSA DE TREZE PÉTALAS – Introdução à Cabala e à Fé Judaica


A Rosa de Treze Pétalas

Adin Even Yisrael (Steinsaltz), Editora Maayanot, 166 páginas (21×14 cm, Brochura), ISBN 978-85-85512-76-8, 1992 (2ª Edição 2002)

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

BRASIL: http://www.sefer.com.br/details/657/rosa-de-treze-pétalas 

***

A Rosa de Treze Pétalas – Introdução à Cabala e à Fé Judaica

Esclarece conceitos fundamentais da tradição mística judaica, a Cabalá, apresentando uma nova visão do papel da fé como instrumento para a busca de Deus.
***
Segundo a Cabala, o mundo em que vivemos – o universo material visível e sensível – é apenas a parte aparente de um imenso iceberg espirítual de estruturas complexas.
É este mundo oculto, cuja compreensão é indispensável para conhecer a verdadeira realidade da nossa existência, que Adin Steinsaltz resolveu descrever neste breves ensaios.
Este mestre inconteste do pensamento judaico contemporâneo esclarece, assim, certos conceitos fundamentais da tradição mística judaica: os quatro mundos da Cabala, os Anjos, as Sefirot.
Apresentando uma nova visão do papel da fé, na prática e na busca de D’us, Adin Steinsaltz elabora uma síntese teológica tão clara quanto brilhante, que permite o acesso às próprias fontes da mística judaica.

***

Sobre o autor:

Sábio, professor, rabino, místico, cientista e crítico social,  Adin Steinsaltz é considerado, internacionalmente, como um dos maiores sábios do século XX.

Além dos seus estudos judaicos, o Rabino Steinsaltz estudou matemática na Hebrew University of Jerusalem.

É diretor do The Israel Institute for Talmudic Publications e estabeleceu como objetivo de sua vida a popularização do Talmud. Mais de 30 volumes já foram publicados, de sua nova tradução (do Aramaico) para o hebraico e comentários sobre o Talmud da Babilônia e de Jerusalém, vendendo mais de um milhão de exemplares no mundo inteiro.

Atualmente, dedica-se a preparar uma edição em inglês, para levar o Talmud ao maior público possível. Rabino Steinsaltz foi professor residente na Yale University e no Institute of Advanced Studies of Princeton University. Em 1988, recebeu o Prêmio Israel, a maior honra conferida pelo seu país.

Em Israel, onde o Rabino Adin Steinsaltz reside com toda a sua família, bem como na Europa e nos Estados Unidos, suas palestras e prolíficos escritos atraíram muitos seguidores, inspirando um grupo significativo de discípulos.

Nos seus livros, os leitores encontrarão um mestre que, apesar de profundamente arraigado no chassidismo – a forma mais tradicional do judaísmo – , é extremamente eficiente ao explicar o significado da existênciajudaica aos leigos.

Sua sabedoria, compreensão e conhecimentos alimentaram a muitos em setores aparentemente diversos, tanto dentros do mundo judaico, como fora dele.

CABALA PARA ADOLESCENTES


CABALA ADOLESCENTES

Louis Belmont, Editora Imago, 174 páginas (16×23 cm, brochura), ISBN 978-85-312-1019-8, 2007

EUROPA:  Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

BRASIL: http://www.sefer.com.br/details/9920/cabala-para-adolescentes

***

Quaisquer que tenham sido as razões no passado, a ideia de proibir o estudo da Cabala por certo não têm lugar no mundo moderno. Pelo contrário, os ensinamentos cabalísticos são tão plenos de discernimento, compaixão e energia que deveriam ser levados ao máximo de pessoas e no menor tempo possível. CABALA PARA ADOLESCENTES é um passo nessa direcção. Seu objectivo é apresentar autênticos ensinamentos cabalísticos em um formato que conserva a qualidade dos textos antigos, ao mesmo tempo em que mostra sua aplicação no mundo de hoje.

***

Se você tem entre 13 e 20 anos de idade, provavelmente está percebendo como sua vida está se tornando complexa. A finalidade deste livro é revelar a ordem básica que está oculta na complexidade diária. Quando chegar à última página, você terá aprendido uma forma inteiramente nova de encarar a sua vida – e terá adquirido alguns instrumentos poderosos para torná-la mais produtiva, mais bem-sucedida e muito mais divertida.

Essa nova maneira de encarar as coisas não é produto de um(a) filósofo(a), professor(a) ou erudito(a). É, isso sim, baseada em um sistema espiritual – não uma religião – que já existe há muitos milénios. Esse sistema é chamado Cabala, palavra hebraica cujo significado literal é receber.

Ao longo dos séculos, os ensinamentos da Cabala foram transmitidos por mestres espirituais a um selecto número de estudantes. Com frequência, tais mestres e estudantes eram descendentes de antigos cabalistas. Algumas vezes, segundo ensinamentos da Cabala, eram mesmo reencarnações daqueles, e dizia-se que alguns, como o rabi Simeão bar Yochai (auto do livro místico conhecido como Zohar) eram reencarnações de grandes figuras bíblicas como Moisés e o rei David.

Para evitar que caísse em mãos erradas, a maior parte das lições da Cabala jamais foi posta no papel. Quem não tivesse atingido 40 anos de idade era impedido sequer de começar os estudos cabalísticos, sob a ameaça de ficar cego caso desrespeitasse a proibição. Essas normas rígidas eram cabíveis, pois os mestres acreditavam genuinamente que o mundo como um todo não estava pronto para absorver tais ensinamentos. Pensava-se, então, que as pessoas precisavam de rituais religiosos simples, e não de conceitos poderosos que pudessem alargar seus horizontes e encorajá-las a mudar suas vidas de forma tão radical.

É possível que a Cabala estivesse mesmo à frente de seu tempo. Talvez houvesse uma justificativa para mantê-la oculta em sociedades onde qualquer desejo de auto-aprimoramento era severamente punido pelas autoridades. Mas as coisas mudam. O mundo (e isso incluí você!) está pronto para esse conhecimento, e quando você começar a entender a Cabala e usar suas ferramentas espirituais, verá que isso é verdade.

Louis Belmont

O ZOHAR – O Livro do Esplendor


O Zohar

Passagens selecionadas pelo Rabino Ariel Bension, Editora Polar, 368 páginas (14×21,5 cm, capa dura), ISBN 978-85-86775-06-2, 2010

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

O ZOHAR: O Livro do Esplendor

O Sêfer ha-Zohar (Livro do Esplendor) apareceu na Espanha no fim do século XIII e é a obra literária mais importante da Cabalá, a tradição mística judaica.

Como diz Gershom Scholem, um dos maiores especialistas nessa área, nenhuma outra obra “teve uma influência e um sucesso sequer aproximadamente similares ao seu. […] uma fonte de doutrina e revelação igual em autoridade à Bíblia e ao Talmud, e com o mesmo grau canônico: o que é uma prerrogativa que não pode ser postulada por nenhuma outra obra da literatura judaica.”

O Zohar foi escrito na forma de uma longa novela em que grandes rabinos do século II discutem e explicam os segredos dos cinco livros de Moisés (a Torá) e de outros livros das Escrituras Sagradas. Dentre esses grandes rabinos, destaca-se a figura de Shimon ben Yochai, um dos maiores santos da história do judaísmo.

Esta seleção de passagens do Livro do Esplendor recém-lançada em português foi publicada em inglês em 1932 pelo rabino Ariel Bension. Nascido em Jerusalém, Bension era filho do rabino e místico Joshua Sion Halevi, que migrou de Fez, Marrocos, para Israel quando ainda jovem. Bension recebeu sua formação religiosa e rabínica na Academia Quasad-El (fundada por seu avô materno), no Instituto Tiféret Jerusalém e na Comunidade Santa de Beit-El. Posteriormente, estudou em universidades alemãs e suíças, onde graduou-se em história, filosofia, literatura e filologia asiática. Doutorou-se em filosofia e línguas semíticas na Universidade de Berna.

As passagens selecionadas e traduzidas por Bension ao inglês foram extraídas da terceira e da quarta partes das edições completas do Zohar: Idra Rabba (Grande Assembleia) e Idra Zuta (Pequena Assembleia). Na primeira delas estão as revelações feitas pelo santo rabi Shimon ben Yochai a seus discípulos durante sua vida; na segunda, as revelações que lhes fez quando estavam ao redor do seu leito de morte. Além dessas passagens, Bension também selecionou passagens do Zohar que falam do mestre Shimon e de seus discípulos, que constituem a terceira parte desta edição brasileira.

Na presente edição, as três partes do Zohar citadas são precedidas de um Prólogo do pensador espanhol Miguel de Unamuno e de um estudo de Bension sobre as origens do Livro do Esplendor.

***

“O Zohar, ou Livro do Esplendor, que Ariel Bension, enterrado há pouco em Jerusalém, aqui tão bem nos apresenta, é qualquer coisa como o Evangelho Místico dos hebreus sefarditas […]”

Miguel de Unamuno (1864-1936). Filósofo e escritor espanhol

***

“Sêfer ha-Zohar, O Livro do Esplendor, assombrou e maravilhou leitores por setecentos anos, desde que apareceu misteriosamente na Espanha, no fim do século XIII. O Zohar é a obra-prima da Cabalá, a tradição mística judaica. O Zohar é um comentário sobre a Torá — os cinco livros de Moisés —, escrito na forma de uma novela mística. O herói é o rabi Shimon, filho de Yochai, um santo que viveu na Terra de Israel no século II.”

Daniel C. Matt. Tradutor para o inglês da edição completa do Zohar

***

“O livro do Zohar, a obra literária mais importante da Cabalá, […] nenhuma teve uma influência e um sucesso sequer aproximadamente similares ao seu. […] uma fonte de doutrina e revelação igual em autoridade À Bíblia e ao Talmud, e com o mesmo grau canónico, o que é uma prerrogativa que não pode ser postulada por nenhuma outra obra da literatura judaica.”

Gershom Scholem. Grande especialista em mística judaica

***

“Não são muito comuns as publicações destinadas à divulgação que têm o cuidado e a seriedade desta edição de excertos do grande compêndio místico judaico, O Livro do Esplendor (Zohar, em hebraico)…”

O Estado de São Paulo.

COLECÇÃO JUDAICA


Edição de Paulo Geiger, Editora Sêfer, 4.500 páginas (18×24 cm), ISBN 85-85583-61-4, 2003

PORTUGAL: Informações e encomendas através do email euronigma@sapo.pt

***

Colecção Judaica é composta por obras de diferentes autores e assuntos, e concebida de modo a cobrir toda a temática judaica em seus aspectos mais importantes, proporcionando a qualquer usuário uma visão abrangente e actualizada do povo, da história, da cultura e do pensamento judaicos.
A edição é de Paulo Geiger, que também chefiou a equipe de produção editorial e gráfica da Editora A. Koogan (RJ).
São 10 volumes, na maioria ilustrados, perfazendo cerca de 4.500 páginas, formato 18×24 cm, agora com capa mole plastificada. O esmero na apresentação gráfica é uma moldura adequada ao cuidado que se deu ao texto, na escolha e na edição. São sete títulos, reunindo o que há de mais representativo em cada tema.
No conjunto, a Colecção funciona como uma obra de referência ampla e actualizada. As bibliografias e, principalmente os muitos índices que permitem localizar facilmente qualquer assunto ou nome, ampliam e dão unidade e circularidade à obra como um todo.

POVO JUDEU, PENSAMENTO JUDAICO (2 volumes)
de Robert M. Seltzer
Apresenta a história analítica do povo judeu, dos primórdios aos nossos dias e, simultaneamente, da criação judaica no campo das ideias, da religião e da filosofia.

HISTÓRIA DE ISRAEL (2 volumes)
de Howard M. Sachar
Apresenta a vigorosa e fascinante história do sionismo e do Estado de Israel, do processo de gestação, nascimento e vida do Estado de Israel até a independência, as conquistas e as guerras do Estado.

CONHECIMENTO JUDAICO (2 volumes)
de Nathan Ausubel
Enciclopédia de temas judaicos amplamente ilustrada, onde toda a estrutura conceitual e formadora do judaísmo é apresentada na forma de verbetes, em ordem alfabética.

O TALMUD ESSENCIAL
de Adin Steinsaltz
É uma abertura, um primeiro e necessário passo para se abordar e entender, em sua essência, a estrutura e o método do Talmud, numa abordagem e num tratamento que visa a torná-las acessíveis e atraentes a todos.

UM TESOURO DO FOLCLORE JUDAICO
de Nathan Ausubel
Apresenta contos, lendas, anedotas, midrashim, provérbios, canções  e todo o acervo folclórico judaico, dividido em secções por assunto e comentado pelo autor.

CABALA
de Gershom Scholem
Um dos maiores especialistas académicos em misticismo judaico, analisa exaustivamente a Cabala em seus múltiplos e diversos aspectos: histórico, conceitual e filosófico, e prático.

CHASSIDISMO: O MOVIMENTO E SEUS MESTRES
de Harry Rabinowicz
Apresenta a história, do surgimento aos nossos dias desse movimento tão singular em suas concepções e em sua prática do judaísmo.

%d bloggers like this: